COMO SERÁ O MUNDO PÓS-CORONAVÍRUS?

O futuro está sendo decidido agora e o que acontece nos próximos meses definirá o mundo dos próximos anos

Neste ebook, reunimos quatro artigos de especialistas debater as realidades em diferentes áreas (saúde, hábitos de compra, segurança e migração urbana).

ALESSANDRA MIYAZAKI

Mestre em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

"O futuro já existe, só está mal distribuído. Na maior parte dos casos, o COVID-19 é um acelerador de tendências que já vinham em andamento. Pouco se tem debatido, no entanto, sobre a área núcleo da crise, ou seja, a modelagem do setor de Saúde."

KARINA FRANCIS

Especialista em Marketing de Conteúdo e Posicionamento Digital

"Mais do que nunca, as marcas precisam investir em movimentos reais e construção de comunidades sólidas. O recado é claro: marcas que não constroem comunidades não sobrevivem (ainda mais agora)."

Marina dos Anjos

Gerente de Marketing do Scup

"Com a normalização do trabalho no modelo home office, as empresas não restringirão as contratações aos moradores dos grandes centros, pois não fará a menor diferença. Pessoas do país inteiro, do mundo todo, estarão conectadas e trabalhando muito bem juntas (e distantes)."

SORAIA LIMA

Especialista em Marketing de Conteúdo e Posicionamento Digital

"Ter planos de contingência é diferente de ter planos para o futuro. Os dados podem (e devem) ajudar muito neste sentido para se pensar um cenário a partir de uma análise descritiva, preditiva e prescritiva."

Na sua opinião, qual será a tendência do mundo pós-coronavírus?

MURAL DE TENDÊNCIAS

Enquanto seres humanos, vamos estar mais fechados entre "os nossos". As tecnologias vão avançar nesse sentido para providenciar entretenimento seguro. Nas indústrias também deve haver um salto para a inovação e automação - desde que haja economia para o investimento, é claro.


Gisela - Diretora de Conteúdo Digital - Jundiaí (SP)

Com certeza a Inteligência Artificial estará mais presente do que nunca nas nossas vidas. Teremos mais bots e robôs trabalhando pra gente.


Juliana Lima - RP - São Paulo (SP)


Adaptação de novos negócios digitais em comunidades pequenas. Economia criativa, utilizando plataformas digitais gratuitas, para promover serviços em comunidade. Ex: Dentro de condôminios.


Priscyane Santana - CEO - São Paulo (SP)



Mais humano e conectado


Vanessa - Gestora - Rio de Janeiro (RJ)


Em um primeiro momento, penso que as pessoas sairão de suas casas super ansiosas para consumir, principalmente serviços de lazer como restaurantes por exemplo. Depois, acredito em uma forma de consumo mais consciente. Mas sem dúvida nenhuma, o mundo será cada vez mais digital e individual.


Giovanna Garcia - Social Media - São Paulo (SP)



Redução de produção de lixo, começando pela sustentabilidade das embalagens e mudança no consumo.


Emily Santana - Analista de Web Design - Novo Hamburgo (RS)


Acredito que todas as pessoas passarão a ter mais atenção com higiene. Lavarão as mãos com mais frequência e melhor, além de inserirem o álcool em gel em seu dia a dia e também levar mais a sério a limpeza de tudo que entra dentro de casa. Como os alimentos vindos do super mercado, sapatos sujos da rua.


Patricia - Analista -

São Paulo (SP)


O minimalismo será uma necessidade: menos TER e mais SER.


Milena - Empreendedora - Rio de Janeiro (RJ)


Compras online serão mais frequentes. Comprei muito durante a pandemia kkkk Acredito que os ecommerces vão investir cada vez mais em seus negócios.


Ana Laura Veiga - Professora -

Rio de Janeiro (RJ)



50% vida online e 50% vida offline


Fabiana Saores - Redatora - Maceió (AL)

Eu acho que a Transformação Digital vai predominar em qualquer tipo de negócio. Não tem pra onde escapar


Danilo Lopes - Administrador -

Sorocaba (SP)






Mundo mais conectado, virtualmente e pessoalmente.


Lala - Publicitária -

São Paulo (SP)

Home office para todos os cargos que tiverem essa liberdade, diminuindo o tráfego urbano e permitindo uma descentralização dos pólos de trabalho


Beatriz - Coordenadora - Rio de Janeiro (RJ)


Bruno - UX Lead -

São Paulo (SP)

Negócios 100% digitais, fim de burocracia física e novas formas de trabalho remoto.


Bruno - UX Lead -

São Paulo (SP)

Acredito que os padrões de consumo irão mudar, de forma a reduzir o consumo de itens não essenciais, vamos cuidar mais de nossas casas pois elas também se tornarão local de trabalho. Home office vai ser cada vez mais comum.


Elis - Agricultora - Derrubadas (RS)

Home Office e educação a distância.


Lívia - Autônoma - Goiânia (GO)

Home Fest.


Taís - Produção de Eventos e Marketing - Belo Horizonte (MG)

Menos contato e mais ação.


Karla - Analista - Belém (PA)

Para conseguir compilar algumas idéias correlacionadas com o mundo pós-Covid escreverei a frase em palavras-chaves que poderiam facilmente serem fonte de estudos dos desdobramentos para cada uma delas, são as palavras enumeradas abaixo: Higiene; Isolamento; Automatização; Algoritmização; Segurança v.s. Privacidade; Controle; Lives; Deliverys; Home Office; Home School; Universos virtuais; Vacinas; Vestuário Inteligente; Tele-Medicina; Tele-Trabalho; Drive Thru; Hortas caseiras; Comidas artesanais e caseiras; Gourmetização, Blockchainização, Robotização; Nanotecnologias; Implantes; Monitoramento e controle populacional; Slow Turismo; Regionalização; Entretenimento virtual; são algumas delas.


Felipe Santos - Proprietário - Vitória (ES)